sexta-feira, 20 de abril de 2007

mais uma espera

Ontem, 19/04/2007, fui á primeira entrevista para a adopção. Conversei com Assistente Social que nos informou de como decorrem estes processos, fez-nos algumas perguntas e o nosso processo deu entrada definitivamente.
Então assim entramos com o processo de candidatura á adopção que vai ser estudado, vamos ter varias consultas com psicólogos e assistentes sociais, eles vem visitar a nossa casa e só depois disso, daqui a uns 6meses, saberemos se somos considerados aptos para adoptar ou não.
Depois a espera julga-se vai ser longa, uma media de 6anos, uma vez que nós candidatamo-nos á adopção de uma criança até aos 3anos, raça branca e sem problemas de saúde(aqui só se consideram doenças graves, ou deficiências, no caso de uma asma ou uma pequena alergia não é considerado problema de saúde), ou seja, caso pedíssemos uma criança mais velhinha, de outra raça ou com problemas de saúde seria mais rápido…..

1 comentário:

Amar Perdidamente disse...

Pois... trouxeste-me ao teu blog... e foste tocar num ponto básico... é que o meu enteado é adoptado, não por mim, mas pelo pai (meu marido) e pela mãe dele. Eu sei que pode parecer confuso mas na altura os pais dele viviam jutos, entendes? Se não enetendes diz, e eu faço-te um desenho... E qual não foi o meu espanto quando venho dar a um blog que fala da experiência (ou da tentativa) da adopção, quando eu própria tive tantas vezes, discussões com o meu ex-marido, porque queria ter um filho biológico e um filho adoptado, e ele que nunca entendeu isoo... Boa sorte para ti, o percurso que te espera não é fácil, especialmente pela idade e pela questão racial, o meu enteado é negro, os pais adoptantes são "branquissimos" e a mim não me parece que alguma vez ele tenha sido descriminado pela cor de pele diferenciada dos pais. É obvio que salta logo à vista que ele é adoptado, ou no minimo provoca um ar de interrogação, mas sem descriminação. aliás actualmente com tanto jet-set a adoptar crianças, passou a ser visto como um acto nobre, pondera sobre as exigências que fazes, e o tempo que isso te poderá custar