segunda-feira, 10 de março de 2008

O parto

Vou contar aqui como foi o grande dia e a hora pequenita:
Ás 6h da manhã(+-) tive a primeira contracção, eu não sabia o que era foi ao WC a pensar que era para fazer cocó mas nada… passado algum tempo outra dor, assim sucessivamente ás 7h comecei a desconfiar ate acordei o “xenano”(marido) e disse que talvez fosse um bom dia para nascer mas deixei-me ficar até ás 9h com os intervalos a serem cada vez mais pequenos e ás 10h30m entrei no hospital com contracções de 15 em 15m e pouco dolorosas, fui para o ctg até as 12h quando tive sinal de parto e a enfermeira foi ver que já tinha dilatação, mandou-me preparar para ir para a sala de partos, onde entrei ás 13h. A enfermeira chamou o xenano, ele ainda não tinha decidido se ia assistir mas entrou. Puzeram o soro, vomitei e ás 13h30m as contracções começaram a ser mais fortes e com menos intervalo. 14h vem o medico rebenta a bolsa e diz que esta quase. 14h45m a enfermeira vê que já está na hora preparam tudo e mandou-me fazer força e a Rafaela nasceu :) Eu não pedi, nem me lembrei da epidural, elas também não falaram no assunto e posso afirmar que não me fez falta.
Bom custou-me mais as contracções da última hora do que o nascimento, o nascimento custa é ter que fazer força sem parar para respirar e logo de seguida ver os pezinhos em cima de nós(enquanto elas tratavam do cordão). A enfermeira disse ao pai para cortar o cordão, ele ainda disse que não mas lá cortou focou muito babado e eu também! Ah e os segundos ate ela chorar foram sufocantes, cheguei a perguntar mas ela não chora e pimba começou, que alivio! Logo de seguida vimo-nos uma á outra ela com o olho muito aberto(e a boca também, do choro) e eu com as lágrimas nos olhos, só me apetecia beija-la toda e beijei o que pude!
O pior foi depois, cozer, ouvir a enfermeira dizer rebentou uma veia temos que a suturar, ela bem deram duas anestesias (tipo de dentista) mas doeu e demorou. Eu reclamei da dor e a auxiliar disse “não reclame porque esta a ficar como uma virgem” rimo-nos todos e eu tive que me calar!
Uma hora depois da Rafaela nascer(16h) estávamos no quarto, cama 17, e ela agarradinha á mama da mãe.

Não vos posso dizer como se faz para ter uma hora pequenina porque eu sei, o que sei é que de certeza o exercício físico(natação no meu caso) deve ajudar e as aulas de preparação ajudam muito. As enfermeiras todas deram os parabéns, portei-me muito bem, melhor que muitas mães de 2ª e 3ª viagem! Também foi tão fácil como me ia portar mal?

14 comentários:

SRC disse...

ahhh mulher do caraças!!!
depois de ler o teu parto tenho um novo objectivo de vida: quero ser como tu!!! lolol
despachar o assunto, sem anestesias, sem dores de morte, sem esperas intermináveis, ... como eu costumo dizer: sem espinhas!!! limpinho!
mtas beijocas

Sofia disse...

Ai que inveja! Quero um parto como o teu!
Eu sou tão mariquinhas que mal lá chegue vou logo pedir epidural.
Bjocas

Mary disse...

Eu sou outra cheia de inveja... quero um parto como o teu... mas acho que se as dores forem realmente fortes vou chatear até me darem a epidural... Amiga, foste feita para parir! ;)
BJs

Eu... disse...

Foi tudo tão sereno... que bom!

Um grande beijinho
Cakuxa

Susana Pina disse...

Olinda, sabes que a dor +e igual para todos, só que umas pessoas sentem mais a dor do que outras.
No teu caso o que tives-te de muito bom foi a rapidez do parto, porque hà mulheres que estão horas e horas à espera que o parto se desenrrole e depois ainda têm que partir para cesariana.
Agora toca a disfrutar da tua filhota com toda a intensidade que vos é merecida
Um bj amigo
Susana

CARLUXA disse...

Mais uma vez parabéns pela tua Rafaela. E sim senhora, valente mulher...

Alex disse...

Amiga... também, com o que já passaste és mais que merecedora de um parto assim. Depois o coser é que são elas, né?? eu depois de ler o teu relato prometo não faltar mais às aulas de preparação, onde fazemos os exercícios. Bjinhos. (ela nasceu com que peso? parece grandinha)

Catarina disse...

Que bom!!! Correu tudo bem!!!

beijo grande do André para a Rafaela
cat

Mara disse...

Bravo! É mais ou menos assim que imagino o parto do João! Parabéns mamã!
Beijocas grandes

Simone disse...

Espectaculo Olinda, muitos parabens pela tua coragem! E que sorte ter sido tão curto, foi a compensação por terem desejado tanto a Rafaela :o)
Quando tiras o leite com a bomba ficas com mais, a bomba estimula a produção assim como o bebé ao mamar. Eu só tirei leite uma vez para experimentar. É que a Mara mama muito logo eu tenho mto leite, se tirasse tinha o dobro!
Beijocas gds para os 3

Sandra Neves disse...

Minha querida Olinda, não sei se já tinha deixado os Parabens no forum da APF, de qualquer forma quero dar-tos novamente, desejo-te muitas felicidades para a tua Rafaela, ela é de facto um amor.

Beijinhos Grandes
Sandra

Irina disse...

que bom que correu tudo bem!!!

e quem diria...virgem outra vez ;O)

Sem Desistir disse...

És uma grande Mulher!!!
Palavras para quê??
bjs

Sofia e Pedro disse...

Uau, isso é que foi um parto!
Beijinhos, Sofia,Pedro e Joana