quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

a 1ª vez

Amanhã vai ser a primeira vez na nossa vida que não vamos ter dinheiro para pagar ordenados. Para quem não sabe eu trabalho para o meu pai, que tem 1 empresa de construção civil, uma pequena empresa(14empregados incluindo eu e ele) que tem vindo a contruir por orçamento e para venda... As casas que temos para vender não se vendem, e outros trabalhos não temos, com esta falta de trabalho tambem falta o dinheiro.... Estou tão preocupada e triste. O meu pai devia estar calmo porcausa do cancro que está a tratar anda cheio de stress, eu que tenho vontade de tentar dar uma volta a isto não o faço porque não me quero sobrepor a ele...

19 comentários:

Sofia disse...

Como te compreendo! Estou a tentar vender a minha casa há tanto tempo e por tão pouco dinheiro!
Isto está má, principalmente para o mercado imobiliário. Mas as remodelações e reparações vão rendendo dinheiro, também fazem disso?
Bjocas

C.F. disse...

Pois é Olinda, esta maldita crise não nos dá tréguas. Confesso que estou muito apreensiva em relação ao futuro.
Vamos ter fé...
Beijinhos.
Vale46

Sandra Neves disse...

Como sabes por aqui (e estamos no mesmo ramo) as coisas tb já tiveram melhores dias, vamos ver no que isto vai dar...
Beijocas e muita força
Sandra

soniaq disse...

Querida Olinda

Esta crise está a abalar os alicerces todos e tudo devido à ganância de uns, a "merda" das bolsas e de quem andava a ganhar sem nada fazer... enfim, a realidade é esta e está mais uma vez na hora de fazermos das tripas coração e dar cabo "dela" (crise).

Espero realmente que isto tudo melhore e que para o mês que vem tenham dinheiro para pagar ordenados.

Na minha petit empresa tivemos que deixar as instalações, passar alguns meses sem ordenado e conseguimos aguentar o barco mas foi muito duro e ainda é, só que já me habituei...deixei de ter os meus pequenos luxos, nada de especial, agora com a bebé tudo o que há a mais é para ela.

Beijinhos e que o teu Pai possa melhorar em breve apesar de tantas preocupações.

vida disse...

infelizmente muitos estao assim... espero k consigam ultrapassar esta situação... bjsss

Ana Costa disse...

Maldita crise que não nos deixa em paz de uma vez! Espero que consigam ultrapassar positivamente este momento mau e que o teu pai melhore!

Beijocas

Maria José disse...

Maldita crise estou farta desta porcaria
Olha um beijinho de muita força para vocês

maggie disse...

Ohhh Amiga que situação. Isto realente está mto mau, ouve-se o mesmo por todo o lado. No meu trabalho está uma sra que o marido ficou sem trabalho ontem (fábrica das agulhas Euronadel), deu na tv. E é uma pessoa de 50 anos, agora vai fazer o quê????
Mta força para ver se conseguem aguentar e um beijinho á Rafa, está mto giraaaaa

Beijo

maggie disse...

Ohhh Amiga que situação. Isto realente está mto mau, ouve-se o mesmo por todo o lado. No meu trabalho está uma sra que o marido ficou sem trabalho ontem (fábrica das agulhas Euronadel), deu na tv. E é uma pessoa de 50 anos, agora vai fazer o quê????
Mta força para ver se conseguem aguentar e um beijinho á Rafa, está mto giraaaaa

Beijo

pedradababy disse...

Podes crer... ninguém merece. Também estou com algumas dificuldades mas por enquanto dá para aguentar. Penso que esta crise vai doer muito mas se conseguirmos segurar firme o barco, sairemos muito melhores. Talvez o teu pai precise mesmo que alguém se sobreponha a ele para poder dedicar-se inteiramente à recuperação sem tanto stress. Tu não lhe dizes com medo e ele não pede porque estará habituado ao papel de Homem da casa mas talvez fique aliviado. Porque não falas com ele?
Beijonhos grandes. Espero que as coisas melhorem para todos nós

Cresce barriguita...cresce!!! disse...

realmente linda......... que tristeza!!!
Espero que consigas dar a volta a situaçao e se achas que ns alguma soluçao apresenta-a ao teu PAi tenho a certeza que ele te vai ouvir!!!
DESEJO Q O PAI MELHORE RAPIDO!!!!
muita força

Pat78 disse...

Oh! Esta maldita crise não dá treguas. Imagino como deve ser dificil para um patrão não ter dinheiro para pagar o ordenado às pessoas que sabe que dependem dele... Vamos esperar que isto dê uma volta, mas está difícil.
Espero que consigam resolver isso rapidamente...

Beijinhos

micas disse...

compreendo perfeitamente a tua angustia...
ainda por cima as coisas nao parecem melhorar,todos os dias é uma luta k aumenta e aumenta....
talvez falando com o teu pai a jeito, e fazendo ver as coisas,de certeza k se apercebe,mas nao dá o braço a torcer.
um beijinho de optimismo,e k se consiga dar a volta de alguma maneira-
micas

mamã ET disse...

Oh mamã, que angustia deve ser... Mas é preciso ter esperança de que vai tudo melhorar...

Um grande beijo e que saudades do barrigão...

Mamã Pirata disse...

N está fácil pra ninguem,trabalhadores/patrões.Espero que consigas superar essa crise.

...só me vem á cabeça essas 14 familias sem ordenado.

As melhoras do teu PAi.

Gisela disse...

Linda não sabia q trabalhavas numa construtora. Eu tb trabalho numa empresa de construção civil, sou medidora, orçamentista, desenhadora e preparadora de obra. Olha se puderes da-me o contacto da tua empresa porque muitas vezes precisamos de entregar subempreitadas.
Se tiveres interessada diz alguma coisa.
Jinhos grandes para voces e um especial p a Rafa :)

Edith disse...

Pois parece que esta maldita crise está a atingir todos de uma forma ou de outra. Tens que ter calma e aguardar por melhores dias.
Bj e bom fds

Drikas disse...

Essa sensação deve ser horrivel... Pensar nos funcionarios e nao ter como lhes pagar, não deve ser nada fácil, para voces :(
Amiga, trabalho em imobiliário se precisares de ajuda... acredito que este ano as coisas vão melhorar, nós na agencia desde do inicio do ano que sentimos mais movimento. Vamos ver como corre este trimestre.
Bjokinhas grandes

Drikas disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.